O Cordão De Escarlata

…e ela atou o cordão de escarlata à janela. Josué 2:21

O lívro de Josué conta sobre as conquistas do povo ao entrar na Terra Prometida. Uma destas conquistas, foi a cidade de Jericó. Esta conquista, contou com a ajuda de uma mulher chamada Raabe. Como promessa, por ter ajudado aos espias, ela seria preservada no momento da invasão, porém ela deveria pendurar um cordão de escarlata na janela, como forma de identificação.

Ela tinha uma fé simples e firme e muito obediente. Precisava crer, que ao obedecer e deixar o cordão pendurado, seria preservada.

Atar o cordão era um ato muito simples, em si, mas ela não ousou correr o risco de desobedecer.  Podemos tirar uma lição preciosa deste ato e podemos parar para refletir. Temos observado toda a vontade do Senhor? Mesmo aquelas que parecem não ser essenciais? Temos considerado as duas ordenanças como o batismo e a ceia? Negligenciar isso significa desobediência sem amor em nosso coração.

O ato de Raabe tem um significado muito mais profundo. Significa confiar implicitamente no sangue de Jesus. Significa ter um cordão de confiança pendurado em minha janela e atado com nó Górdio [rei lendário da Frígia, hoje Turquia], que é difícil de desatar. 

Assim deve ser a nossa fé no sangue do Cordeiro. Confiar, que mesmo em momentos difíceis ou de crise, não seremos destruídos e seremos preservados, pois mesmo que não possamos ver, Ele vê o cordão de escalata pendurado em nossa janela. E assim como Raabe que tinha sua casa sob as muralhas de Jericó e tudo foi destruído, ela permaneceu. Assim nós possamos permanecer “firmes e inabaláveis”.

Autor: Edson Neumann – Líder Curso de Fundamentos Bíblicos