A CEIA DO SENHOR

A ceia pode ser benção e também pode ser maldição.

O significado e a importância da ceia do Senhor para a igreja. Em hebraico é Seudat há adon.

A ceia é uma ordenança de Jesus e ela tem reflexos espirituais extremamente significativos. Vamos ver isso mais adiante.

A ceia em hebraico é Kidush. Em grego é Eucaristia.

O kidush ou a eucaristia é um comer litúrgico. É um cerimonial. Não é uma refeição, mas antecede as refeições.

Significa consagração, santificação, agradecimento, ação de graças.

Gênesis 14:18 a 22 – Abraão tem um encontro com Melquisedeque. Nesse encontro eles participam de um kidush ou eucaristia, a base de pão e vinho. Foi um comer cerimonial. Esse encontro foi tão significativo que Abraão deu o dízimo (uma décima parte) de tudo o que ele possuía. Abraão era um homem muito rico.

Êxodo 18:7 a 12 – Jetro vai ao encontro de Moisés. Ouve todo o relato sobre oque Deus fizera e se converte ao reconhecer que somente o Senhor é Deus. Logo após Jetro oferece sacrifícios ao Senhor. Posteriormente, ele participa de uma Kidush juntamente com Arão e todos os anciãos de Israel.

Qual era o conceito pagão do mundo antigo: a divindade habita na matéria.Ofereço a deus um alimento e o consagro a esse deus. 

Esse comer significa que estou internalizando a divindade. O que eu creio está indo para dentro de mim através do alimento.

Dividir o alimento com os deuses e ter a insigne honra de comer com eles, garantindo dessa forma,a presença desses deuses em nossas vidas e da refeição em nossa mesa.

> Comer é se relacionar.

Janaína explica que o alimento é uma forma material que contém axé,então nos cultos come-se para transmitir o axé às entidades às quais se reza –orixás e espíritos ancestrais (ou Egúnún, espírito que vivenciou a morte). “Apalavra axé significa tanto força vital, a que te mantem nesse plano, como comida, alimento”, conta Janaína. Assim, os ingredientes são o principal elemento do culto, responsáveis por reforçar o axé (força vital) do praticante tanto como o da entidade, para que aumente seu poder e sua vontade.

Atos 15:19 e 20 – A recomendação para os gentios que estavam se convertendo era de que se abstivessem das contaminações dos ídolos. Por que essa orientação? O mundo grego romano estava repleto de religiões pagãs. Para ajudar os gentios (não judeus) a romper com o passado (idolatria)e para tranquilizar as sensíveis consciências judaicas, os gentios foram instruídos a se distanciarem de tudo relacionado com o culto pagão. Não deveriam comer alimentos oferecidos aos ídolos, nem deveriam participar das festas religiosas pagãs – muitas vezes caracterizadas por orgias sensuais e imoralidade sexual.

I Coríntios 8 1 a 13 – fala acerca das coisas sacrificadas a ídolos. Ele fala da carne que é consagrada a ídolos e posteriormente colocada a venda no mercado. E qual deveria ser o procedimento cristão. Fala especialmente sobre a questão da consciência do irmão mais fraco.

I Coríntios 10:14 a 22 – Paulo salienta que as coisas que são sacrificadas aos ídolos, são na verdade sacrificadas aos demônios. Enfatiza que quem participa das coisas sacrificadas aos demônios se torna associado com eles.

João 6:52 a 58 – Aqui temos uma declaração deJesus que se refere a uma realidade espiritual. “Quem comer a minha carne e bebero meu sangue permanece em mim, e, eu, nele”.  Quem participa da ceia permanece em Cristo e Cristo nele.

I Coríntios 11:11 a 33:

> A ceia apresenta uma dimensão espiritual.

> A ceia é um memorial – Versículo 25.

>A ceia é um ato com consequências espirituais, portanto exige que o participante tenha consciência e responsabilidade ao participar.

>Versículo 27 – participar indignamente será réu do corpo e do sangue do Senhor.Isso significa que estou sujeito a julgamento pelo que eu fiz do corpo e do sangue do Senhor.

O que significa participar indignamente?

Muitos irmãos quando a ceia está sendo distribuída baixam a cabeça e não pegam o pão nem o cálice. Por quê? Porque se sentem indignos, pois sabem que estão com pecados não confessados, e que se participarem ficarão com sua consciência“pesada”, ou seja, se sentirão culpados, ou ainda serão réu por terem participado indignamente.Quantas pessoas participam da ceia indignamente – até por questão de orgulho, pois o que os outros vão pensar.

O que significa examinar-se a si mesmo?

Éestar consciente do propósito e da importância da ceia e procurar de todas asformas participar dignamente. Esse examinar-se é vasculhar com profundidade tudo aquilo que não tem agradado a Deus e me arrepender. Isso deve gerar um espírito quebrantado e contrito (arrependido, pesaroso, entristecido). O que vemos atualmente são pessoas participando da ceia muito mais por uma questão de tradição, do que no significado do que ela representa. Indiferença – tanto fez,tanto faz. Insensibilidade – não tem qualquer consciência/sensibilidade quanto à obra de Jesus em seu favor. Quem assim participa é apenas um religioso, um hipócrita.

O que significa comer e beber sem discernir o corpo?

Vivemos numa sociedade individualista. O que vale é o individuo. O outro, o grupo, o coletivo, o corpo, fica de lado.

Quem não consegue discernir o corpo (de Cristo) pode acarretar muitos prejuízos a esse corpo que é a igreja. Quando não tenho preocupação com minha vida pessoal,com o meu testemunho nos diversos ambientes que frequento, quando não tenho discernimento com o aquilo que posto nas redes sociais, quando minhas palavras e atitudes são comprometedoras, estou pensando somente em mim, sem considerar que faço parte do corpo de Cristo que é a igreja. Quem assim procede está acarretando juízo para si. Será julgado pelo próprio Deus.

Eis a razão por que há entre vós muitos fracos e doentes e não poucos os que dormem.

Aqui está a consequência de quem participa da ceia indignamente, sem examinar-se asi mesmo e sem discernir o corpo, ou ainda de quem não participa.

Fracos – pessoas que se sentem enfraquecidas fisicamente, mentalmente, emocionalmente e espiritualmente.Pessoas que não tem força contra o pecado, sua fé está enfraquecida, tem vontade de largar tudo, desanimar e por fim desistir da vida cristã. Depressão,tristeza, desânimo. Pessoas que entraram por esse caminho, como é difícil de voltar ao seu normal.

Doentes – doentes fisicamente sim. Saide uma enfermidade e contrai outra. Está sempre no médico. Tem pilhas de medicamento em casa. Não consegue fazer alguma atividade a não ser abaixo de medicamento.

Não poucos os que dormem – aqui se refere à morte física.

Temos também a contra partida, ou seja, se eu participo dignamente, examino-me a mim mesmo e tenho discernimento do corpo de Cristo, então eu me torno forte, tenho saúde física e me mantenho vivo.

Tomando como referencia “quem de mim se alimenta por mim viverá” a participação na ceia quer dizer que eu estou em Cristo e de que Ele está em mim, portanto tudo aquilo que está em Cristo, eu sou participante: benção, saúde, prosperidade,graça, sabedoria, unção, paz, alegria, misericórdia, bondade, etc.

Ministração na ceia do dia 06.10.2019.

Fontes:

https://ocandomble.com/ www.reporterunesp.jor.br